A crise dos trinta ou O que aconteceu com os nossos sonhos?

Talvez não sejamos uma geração tão incrível assim… Não sei se somos X, Y ou Z, millenials ou hipsters, empreendedores natos ou preguiçosos patológicos. O que eu sei é que estamos tentando ser felizes, como todos os outros… E, como todos os outros, em algum momento erramos feio.

Esse momento, estou aprendendo agora, é em algum lugar perto dos trinta anos. Nos últimos dias, pelo menos três amigos vieram dizer que não sabem se deveriam casar, ter filhos, trocar de emprego, trocar de profissão ou comprar uma bicicleta e sumir. Eu mesma venho fugindo dessas perguntas (bem, quase todas) e já perdi a conta de quantas vezes ouvi as palavras “ano sabático”, assim, combinadas e pronunciadas como um santo graal. Talvez uma “vida sabática” viesse mais a calhar…

É claro que ajuda o fato de o país estar aninhado confortavelmente no caos, mas parece que algo nesta idade balzaquiana faz soar um alarme: agora é com você. Não há mais a ajuda divina dos pais, a orientação de um professor ou a liderança segura de um chefe experiente. Às vezes, o chefe é você mesmo e “experiência” parece uma palavra esquecida num passado embolorado.

Também emboloraram os sonhos. Como aquele em que você se via mais sábio, mais rico e “bem-sucedido” depois de ter, finalmente, colocado aquele projeto no papel. Pois você não o colocou, não se lembra de metade das coisas que sabia quanto terminou o colegial e o dinheiro, dificilmente vai durar até o fim do mês. E a tríade casamento, filhos, viagens internacionais? Esses, ficaram caros demais para a sua vida sem carteira assinada.

Talvez seja nesse momento que você percebe que deixou alguns talentos para trás em nome de uma tranquilidade que nunca veio. Vê, também, que tomou algumas decisões só porque “era hora”, porque “era o certo”, ou porque “é assim que se faz”. Ou não tomou, e está agora decidindo se ainda dá para adiar. E agora, José?

E agora, que o futuro começou e você ainda nem sabe o que quer ser quando crescer? Aos trinta, talvez seja hora de descobrir quem você é.

 

Publicado originalmente no site Textão Querido de Cada Dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s