Rapidinhas

A semana no cinema | de 03/12 a 10/12

Olá, pessoal! 

A partir de hoje, o Caderno J terá, toda semana, um resuminho com as principais notícias de cinema (e um pouco de séries também)  – dos trailers mais comentados até as polêmicas mais obscuras. Divirtam-se!


10. Obrigadow Brazeel

A versão brasileira da Comic Con – a Comic Con Experience– completou seu quinto aniversário com uma edição gigantesca em todos os sentidos. Em público, o evento de cinco dias (contando a abertura antecipada) somou pouco mais de 260 mil pessoas, contra 227 mil em 2017. Em peso, ficou claro que ela entrou de vez para o calendário internacional, reunindo de uma só vez nomes como Michael B. JordanBrie LarsonSandra BullockJake GyllenhaalTom Holland, Maisie WilliamsSophie TurnerAndy SerkisChris Columbus, M. Night Shyamalan, parte do elenco-mirim de Stranger Things e muitos, muitos outros. 

Todos passaram pelo auditório lotado do São Paulo Expo para, invariavelmente, se surpreenderem com a histeriareceptividade do público brasileiro, arriscarem palavras em português e prometerem voltar. O evento ainda teve exibições de trechos inéditos dos lançamentos de 2019, trailers exclusivos (como o do “Homem-Aranha: Longe de Casa”, ainda não divulgado pela Marvel) e pré-estreias como a do blockbuster “Aquaman” ou do novo terror da Netflix, “Caixa de Pássaros”.


9. Tony Stark no espaço

Entre os vídeos ultra-aguardados que finalmente caíram na rede, aproveitando todas as atenções voltadas para a CCXP, o destaque ficou com o primeiro teaser de “Vingadores 4”, que ganhou o título oficial de “Vingadores: Ultimato”. Nele, um Tony Stark (Robert Downey Jr.) solitário vaga pelo espaço, contemplando o irônico fim iminente de seu oxigênio após a aniquilação de metade de seus companheiros em “Vingadores: Guerra Infinita”. Jeremy Renner e Paul Rudd, que haviam ficado de fora do episódio anterior, voltam a dar as caras.


8. Netflix brinca com a sua infância Parte 1

Quem caprichou nas novidades foi a Netflix, que vem liberando uma infinidade de notícias e trailers neste finalzinho de ano. Entre os destaques, está a adaptação da HQ de Gerard Way e Gabriel Bá, “The Umbrella Academy”, que ganhou seu primeiro trailer durante um painel na CCXP (com a participação-surpresa da atriz Ellen Page). A série acompanhará um grupo de crianças com poderes especiais que são treinadas por um pai adotivo para proteger o mundo (ou meramente sobreviver). Mais alguém aí pensou em Cavaleiros do Zodíaco?


7. Netflix brinca com a sua infância Parte 2

Falando em Cavaleiros, a Netflix também divulgou um trailer da nova série animada inspirada no mangá de Masami Kurumada. Ao invés de conquistar os fãs, porém, o lançamento caiu como uma bomba por dois motivos: o aparente desleixo com o visual 3D (que lembra um jogo de videogame ruim) e a mudança de gênero do personagem Shun de Andrômeda. #fail


6. Netflix brinca com a sua infância Parte 3

Para compensar (ou deixar o público de trinta-e-poucos ainda mais apreensivo), a empresa também anunciou que fará uma série em live action do clássico alternativo “Cowboy Bebop” (socorro!), um novo anime de “Ghost in the Shell” e uma coleção de séries animadas baseadas no universo do autor Roald Dahl– inclua aí títulos como “Matilda”, “A Fantástica Fábrica de Chocolates”, “A Convenção das Bruxas”, “Meu Gigante Amigo” e “James e o Pêssego Gigante”. É para respirar fundo e rezar pelo melhor, não é mesmo?


5. Superman do mal

O famoso “projeto secreto de horror” de James Gunn, revelado dias antes de todo o auê envolvendo antigos tuítes e sua consequente demissão da franquia “Guardiões da Galáxia”, finalmente ganhou seu primeiro trailer e mostrou a que veio. “Brightburn”, que é produzido por Gunn e dirigido por David Yarovesky, é uma espécie de “Superman às avessas”, mostrando um menino que cai do espaço, é adotado por uma família comum e cresce com superpoderes – mas não parece tão inclinado a usá-los para salvar o mundo… O longa está previsto para estrear em maio de 2019.


4. Oscar: Kevin Hart é apresentador por dois dias

“Polêmica” parece ser a palavra de ordem da semana (e do ano). Após anunciar Kevin Hartcomo o apresentador da 91ª edição do Oscar, a Academia foi obrigada a voltar atrás e deixar a posição vaga novamente, apenas dois dias depois  (decisão anunciada pelo próprio ator). O motivo foi a enxurrada de críticas levantadas por usuários na internet sobre tuítes homofóbicos publicados pelo artista cerca de dez anos atrás. (Sobre isso, deixo escorrer aqui minha última gota de paciência.)


3. 100% fresh

Mas quem diria, não é mesmo? O mais novo queridinho do Rotten Tomatoes é ninguém menos que o primeiro spin-off da franquia Transformers, “Bumblebee”. Com 100% de aprovação no agregador de críticas americano (com 19 análises até agora), o filme começa a ganhar credibilidade além do reino explosivo e exótico dos fãs adolescentes de Michael Bay. O novo longa é dirigido por Travis Knight (“Kubo e as Cordas Mágicas”), tem roteiro de Christina Hodson (“Paixão Obsessiva”) e estreia no Brasil no dia 25 de dezembro. 


2. Rostinhos bonitos

Talvez eu estivesse um pouco desinformada nesse tópico, mas, até esta manhã, não tinha ideia de que Ben Affleck, Charlie Hunnam, Oscar Isaac, Pedro Pascal e Garrett Hedlund iam protagonizar um filme juntos, à lá “Onze Homens e Um Segredo” (também conhecido como “como reunir todos os colírios num filme só”). Particularmente, preferia Brad Pitt e George Clooney a qualquer um desses, mas a intenção da Netflix (novamente ela) é claramente a mesma. Aqui, porém, o elenco se une para planejar um assalto numa tríplice fronteira na América Latina, envolvendo-se perigosamente com os cartéis locais. A boa notícia é que o diretor é J.C. Chandor, o mesmo de “O Ano Mais Violento“, e o roteiro é assinado por ele e Mark Boal (“A Hora Mais Escura”). Estreia em março de 2019.


1. Tudo o que brilha é ouro

Para fechar esta edição das Rapidinhas, não posso deixar de falar da lista de indicados ao Globo de Ouro 2019, divulgada nesta semana. Alguns títulos ainda não chegaram aos cinemas brasileiros, mas já dá para sentir na seleção uma preferência por títulos com grande apelo popular (lembrando que o Oscar tinha a intenção de criar uma categoria nova só para isso), como “Nasce Uma Estrela”, “Bohemian Rhapsody” e “Podres de Ricos”. 

A lista ganha pontos por representatividade, já que três filmes com elenco negro – “Infiltrado na Klan”, “Se a Rua Beale Falasse” e “Pantera Negra” concorrem na categoria mais prestigiada. Nenhuma mulher, porém, aparece entre os indicados a Melhor Direção e apenas uma atriz negra (Regina King) concorre à estatueta. Com seis indicações, o líder na corrida é a biografia “Vice”, que traz Christian Bale na pele do presidente americano Dick Cheney. Confira a lista completa aqui.


Ufa! Por hoje é isso. Gostaram? Semana que vem tem mais Rapidinhas pra vocês ; )! 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s