Os Sapatos (Parte 3)

“Lisa, o que vamos fazer agora? Tenho que estar de volta até as sete ou minha mãe vai me deixar sem videogame por um mês!”

Caco tinha as duas mãos na cabeça e balançava-a de um lado para o outro, freneticamente. “Nós vamos ficar presos aqui para sempre… Para SEMPRE!” Continuar lendo “Os Sapatos (Parte 3)”

Os Sapatos (Parte 2)

Caco disse para a mãe que estava indo ao clube e, antes que ela pudesse perguntar mais detalhes, os dois partiram correndo pela rua. Caminharam por vinte minutos na avenida principal, depois dobraram à direita num posto de gasolina, subiram uma ruazinha estreita e Caco parou, fazendo sinal para que Lisa o acompanhasse. Então levantou o dedo indicador. Continuar lendo “Os Sapatos (Parte 2)”

Os Sapatos (Parte 1)

Já fazia quase uma hora que Lisa encarava seus sapatos. Havia se distraído uma ou duas vezes com as manchas negras vazadas que iam e vinham, ora ocupando todo o chão à sua volta, ora escalando o muro de concreto que se erguia poucos centímetros à frente, elevando-se muito acima de seus 1,45m. Continuar lendo “Os Sapatos (Parte 1)”