Acabou a luz

Alguma coisa acontece com este quinto andar que, toda vez que dá uma chuva um pouco mais robusta, tenho absoluta certeza de que o prédio vai cair ou que, pelo menos, todas as janelas vão se espatifar. Elas nunca se espatifaram e, felizmente, o prédio continua exatamente no mesmo lugar, mas, no último sábado, a água e o vento estouraram um transformador.

Continuar lendo “Acabou a luz”