Rádio Jota #05 – Talibã, Matrix e Cowboy Bebop

Olá, queridos ouvintes! Perdoem a demora para trazer este novo episódio a vocês, mas aconteceu que, na mesma semana, me tornei Mestre em Letras e comecei um novo trabalho, então… Aqui estamos, tentando manter a sanidade e os olhos atentos na cultura e no cinema mundial. 

Hoje, vamos falar um pouquinho sobre o caos que tomou conta do Afeganistão nas últimas semanas, ameaçando principalmente as mulheres e seu desenvolvimento na arte e na ciência; vou indicar um filme sobre um lado mais moderno do mundo islâmico, dirigido por mulher, que está estreando nos cinemas; também vou contar pra vocês sobre o novo filme da franquia Matrix que, sim, vai acontecer e já tem até trailer; e sobre a série em live action inspirada no anime Cowboy Bebop, que ganhou suas primeiras imagens. Vamos nessa? 

Bom, o assunto da vez não poderia deixar de ser a tomada de poder no Afeganistão pelo Talibã, que promete afetar diretamente a produção cultural do país e também abala um pouco o resto do mundo ao trazer mais um exemplo claro de que o mundo anda, ao mesmo tempo, uns dois passos para a frente e uns dez para trás. 

Em resumo, o que aconteceu? Bem, o Talibã é um grupo extremista islâmico que atua desde os anos 90 no Oriente Médio e que tem como objetivo construir um Estado que siga uma certa visão do islamismo – uma visão bastante estreita, diga-se de passagem, que envolve o cerceamento de liberdades de pensamento e comportamento, especialmente de mulheres, artistas, jornalistas e acadêmicos. 

“Ah, mas a gente está avaliando com os olhos da sociedade ocidental, liberal, blablabla….” Pode ser. Mas foram eles, por exemplo, que atiraram na cabeça de uma menina de 15 anos em 2012 porque ela queria estudar. Essa era Malala Yousafzai, que sobreviveu, foi viver na Inglaterra, ganhou o Nobel da Paz, se formou em Filosofia, Política e Economia em Oxford e hoje atua no mundo inteiro defendendo o direito de mulheres à educação. Então, quer dizer… Quantos e quantas cientistas, diplomatas, artistas e outras pessoas que poderiam fazer a diferença para o mundo todo não estão sendo perdidas ou podadas por conta de meia dúzia de homem que se acha dono do mundo? Isso, obviamente, não é sobre religião. É sobre poder.

No caso específico do Afeganistão, os Estados Unidos e a OTAN intervieram em 2001 para, supostamente, “salvar” a população do “terrorismo”, começando pela morte de Bin Laden, líder da Al-Qaeda apoiado pelo Talibã. Na época ficou bem claro que havia outros interesses envolvidos, como o petróleo, mas o fato é que as tropas foram ficando e a população viveu um período de avanço em termos de educação, trabalho e direitos humanos, especialmente para as mulheres. Porém, vinte anos se passaram e o atual presidente dos Estados Unidos Joe Biden decidiu que era hora de retirar as tropas porque, para eles, não estava mais valendo a pena. E realmente manter uma situação de exceção como se fosse regra não é ideal pra ninguém. Mas, não deu nem tempo de o exército voltar para casa e o Talibã tomou o país inteiro e ocupou a capital. 

Daí pra frente, foi o horror que vocês devem ter visto nos jornais. Pessoas lotando os aeroportos, se enfiando em aviões do jeito que coube pra fugir do país, pessoas morrendo ao tentar pegar esses aviões… O horror. No campo do cinema, a diretora-geral da Afghan Film, Sahra Karimi, publicou uma carta aberta pedindo ajuda e proteção aos artistas e às mulheres, dizendo que tinha certeza de que iriam banir qualquer manifestação artística, abafar as vozes femininas, e que temia que o cinema afegão estivesse prestes a morrer sob o controle do Talibã. Ela e outra cineasta, Shahrbanoo Sadat, conseguiram sair de lá com a ajuda de outros países.

Vale dizer que alguns porta-vozes do Talibã deram entrevistas afirmando que tinham mudado e que permitiriam, por exemplo, que mulheres estudassem e trabalhassem. Porém, segundo relatos, eles já começaram a mandar para casa mulheres que estavam trabalhando, e a pegar menininhas como “noivas” para os seus soldados. 2021, né, gente, e a pandemia nem é a coisa mais horrível no horizonte.

E pra dar um gostinho do cinema que é feito hoje por mulheres em países islâmicos, vou indicar um filme que eu ainda não vi, mas pretendo, que está estreando nos cinemas. Ele se chama “A Candidata Perfeita” e é da diretora Haifaa Al Mansour – que foi a primeira mulher saudita a dirigir um filme em 2012 com o fofíssimo “O Sonho de Wadjda”. “A Candidata Perfeita” acompanha uma médica que, acidentalmente, se candidata a uma vaga na Secretaria Municipal, e decide abraçar a oportunidade para lutar por condições melhores no trabalho. Nem preciso dizer que o fato de ela ser uma mulher traz alguns obstáculos para a sua carreira como médica, pela dificuldade que ela enfrenta em ser levada a sério pelos colegas homens. Fica a dica pra quem estiver vacinado ver nos cinemas, e pra quem ainda não estiver, ficar de olho porque jajá deve chegar às plataformas para aluguel.

E, já que o assunto é cinema, vamos falar do trailer mais interessante da semana que não foi o do Homem-Aranha, mas sim o do quarto Matrix. Na verdade, só alguns donos de redes de cinemas e jornalistas americanos puderam assistir ao teaser, mas a descrição já está rolando solta na internet e daqui a pouco o vídeo deve aparecer por aí.

Eu revi a trilogia das Wachowskis recentemente e, de fato, o segundo e o terceiro filme são muito piores do que eu lembrava, mas o primeiro ainda tem um lugar especial no meu coração, então, tenho esperanças. O quarto filme se chamará Matrix: Ressurrections e, pelo trailer, parece que Neo e Trinity estão vivendo novamente na Matrix, sem nenhuma memória do que aconteceu, e Neo está fazendo terapia para lidar com uma sensação estranha de que o mundo não é exatamente o que parece. Nada mais 2021 do que um herói-escolhido no divã, né? E, atualizando um pouco mais aqueles questionamentos filosóficos da virada dos anos 2000 com a internet para os dias de hoje, o filme parece trazer uma crítica ao vício em celulares e telas, e talvez trabalhe essa alienação voluntária como a versão 2.1 do Mito da Caverna.

E ,ainda nessa onda de nostalgia, vem aí (finalmente) a versão em live action do anime mais estiloso de todos os tempos, com a melhor trilha sonora de todos os tempos, Cowboy Bebop. A série deve chegar à Netflix em novembro e tem provavelmente o elenco mais questionável, e questionado, entre adaptações recentes. 

John Chu, apesar de ser excelente em tudo o que faz, não é exatamente o que você esperaria de um Spike Spiegel, e  Daniella Pineda, de “Jurassic World”, não parece ter nem um terço da atitude “foda-se o mundo” da Faye Valentine, MAS…. Mustafa Shakir, de Luke Cage, está relativamente convincente nas primeiras imagens como Jet Black, e temos um corgi lindinho fazendo as vezes do cãozinho Ein. 

Ed, a criança andrógina, ainda não foi mostrada e não consta com esse nome no elenco, mas, ainda podemos ser surpreendidos com algum personagem semelhante de nome diferente. As primeiras imagens foram divulgadas nesta semana e só deixaram os fãs com mais dúvidas sobre o potencial desse projeto. A boa notícia é que a compositora Yoko Kanno, que fez a trilha original, retorna para a versão da Netflix. 

Bom ou ruim, aguardamos ansiosamente. Let’s Jam!

É isso por hoje! Se você gostou e quer dar aquele apoio moral, ou tem uma ideia de assunto para discutirmos aqui, mande uma mensagem pelo Instagram @julianavarella (com 2 Ls) ou mande um email para cadernojota@gmail.com. Até a próxima!

Rapidinhas: Eternos, Highlander, Friends e mais

Fala, pessoal! Hoje eu separei um monte de novidades sobre filmes e séries que eu tenho certeza de que vocês vão gostar. Temos o novo filme do Yorgos Lanthimos, o trailer de Eternos, da Marvel, o ator que vai ficar perfeito como Highlander e muito mais! Vamos lá?

Errata: a atriz que fará a Wandinha chama Jenna Ortega, não Jenny como eu falei 😬

Feminismos animados

Nos últimos dias, uma enxurrada de trailers inundou a internet, mas dois em particular me chamaram a atenção: “Wifi Ralph” e “Uma Aventura Lego 2”. Ambos sequência, ambos animados, ambos inspirados em brinquedos nostálgicos. E ambos tentando fazer um mea culpa gigantesco em tempos de #TimesUp.

Continuar lendo “Feminismos animados”

FC! No Ar – Doutor Estranho, A Garota no Trem, Trolls

No programa de hoje, conheça os trailers de “Logan”, nova aventura-solo de Wolverine que estreia em 2017, e “Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar”, especial de quatro episódios que estreia na Netflix em 25/11.
Entre as estreias, saiba o que esperar do suspense “A Garota no Trem”, do novo filme da Marvel, “Doutor Estranho”, e da animação feel good “Trolls”.

Trailer “Logan”: https://youtu.be/KPND6SgkN7Q
Trailer “Gilmore Girls: Um Ano Para Recordar”: https://youtu.be/DDRIZUlB1zA
Trailer “A Garota no Trem”: https://youtu.be/mdb5sQiQojQ
Trailer “Doutor Estranho”: https://youtu.be/YUfWrIcX4zw
Trailer “Trolls”: https://youtu.be/vWj1VYDXyIM

Confira mais vídeos sobre cinema no canal Fala, Cinéfilo!

 

Fala, Cinéfilo! News #13 – Procurando Dory, Porta dos Fundos e Julieta

No FC! News de hoje, conheça o trailer de “Morgan”, ficção científica sinistra do filho de Ridley Scott com a atriz de “A Bruxa”. Saiba, ainda, quem é a atriz mais rentável de Hollywood e qual é a animação da Disney que vai ganhar uma sequência em 2018.
Entre os filmes em cartaz, saiba o que esperar de “Independence Day: O Ressurgimento”, “Procurando Dory”, “Porta dos Fundos – Contrato Vitalício” e “Julieta” (novo filme de Almodóvar).
Dica do público: Frankenweenie (Tim Burton, 1984)
Tema para o próximo programa: Filmes com comida.

Links:
Trailer “Morgan”: https://youtu.be/rqmHSR0bFU8
Lista de atores mais rentáveis de Hollywood: http://goo.gl/pAJkYa
Crítica de “Independence Day: O Ressurgimento”: http://goo.gl/Qw5rjG
FC! Review de “Procurando Dory”: https://youtu.be/nyNMyE9_Z_A
Crítica de “Contrato Vitalício”: http://goo.gl/alWQw4
Crítica de “Julieta”: http://goo.gl/io0bXd
Curta Frankenweenie (+ “Vincent”, 1982): https://youtu.be/2rcPe9sojpc

Fala, Cinéfilo! #11 – A Bela e A Fera, Warcraft e Truque de Mestre 2

No Fala, Cinéfilo! #11, comentamos o primeiro teaser do longa “A Bela e A Fera”, falamos sobre o acordo de exclusividade entre a Netflix e a Disney, sobre os problemas que “Rogue One” está enfrentando e sobre a sequência de “Mary Poppins”, que vem por aí. Entre as estreias, destaques para “Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos” e “Truque de Mestre – O 2º Ato”. Indicamos, ainda, dois eventos sobre cinema que acontecem em junho: o Festival Varilux de Cinema Francês e o Iniciativa Crossover.

Dica do público de hoje: “Filhos da Esperança” (Alfonso Cuarón, 2006)
Tema para o próximo programa: Animação

Links:
Trailer “A Bela e A Fera” (novo e antigo comparados): https://goo.gl/DSa8KH
Crítica “Warcraft”: http://goo.gl/W612BI
Crítica “Truque de Mestre – O 2º Ato”: https://goo.gl/vyrYav
Festival Varilux: http://variluxcinefrances.com.br
Iniciativa Crossover: https://iniciativacrossover.com.br

Fala, Cinéfilo! #10 – X-Men: Apocalipse, Amores Urbanos, Alice Através do Espelho e Jogo do Dinheiro


No Fala, Cinéfilo! #10, conhecemos os trailers de “Assassin’s Creed” e “Personal Shopper”, comentamos o protesto da equipe de “Aquarius” em Cannes e a saída definitiva de Daniel Craig da franquia 007. Saiba qual empresa de games está pretendendo investir em cinema e conheça as principais estreias da quinzena: “X-Men: Apocalipse”, “Amores Urbanos”, “Alice Através do Espelho” e “Jogo do Dinheiro”.

Dica do Público: “Amantes Eternos” (2013)

Tema para o próximo programa: Fim do Mundo.

Trailers:

Assassin’s Creed: https://youtu.be/jTgzJ79KDsg

Personal Shopper: https://youtu.be/7hghXP4F3Qs

Críticas:

X-Men: Apocalipse: http://goo.gl/Xtcj8h

Amores Urbanos: http://goo.gl/0OM6LZ

Alice Através do Espelho: http://goo.gl/E1hfUl

Jogo do Dinheiro: http://goo.gl/dX8IyP

Amantes Eternos: http://goo.gl/QUNn2I

Fala, Cinéfilo! #09 – Porta dos Fundos, A Assassina, Angry Birds e O Conto dos Contos


No Fala, Cinéfilo! #09, comentamos os trailers de “Águas Rasas”, com Blake Lively, e “Contrato Vitalício”, o primeiro longa-metragem do Porta dos Fundos. Para os fãs de sequências e remakes, conhecemos o novo ator que viverá Han Solo nos cinemas, o novo uniforme dos Power Rangers no filme de 2017, descobrimos quem será o vampiro Lestat no remake de “Entrevista Com O Vampiro” e damos as boas vindas à nova Lara Croft: Alicia Vikander.
Entre as estreias, destaque para “A Assassina”, “Angry Birds – O Filme” e “O Conto dos Contos”.
Dica do público: “Questão de Tempo” (2013)
Tema para o próximo programa: filmes com vampiros.

Links:
Trailer “Águas Rasas”: https://youtu.be/L1Z4grGwblw 
Trailer “PDF – Contrato Vitalício”: https://youtu.be/jL_5_opc21k
Crítica de “A Assassina”: http://goo.gl/TUvBPB
Crítica de “Angry Birds – O Filme”: http://goo.gl/vNrqwC
Crítica de “O Conto dos Contos”: http://goo.gl/YghKEo

Fala, Cinéfilo! #08 – Doutor Estranho, O Caçador e A Rainha do Gelo e Capitão América: Guerra Civil


No programa #08, comentamos os trailers de “Equals”, “Doutor Estranho”, “Café Society” e “The Neon Demon”. Entre as notícias, descubra a polêmica envolvendo o remake americano de Ghost in The Shell, conheça o filme brasileiro que está concorrendo à Palma de Ouro e saiba qual marca está planejando inaugurar seu próprio universo cinematográfico num futuro próximo. Entre os filmes em cartaz, destaque para “Mogli – O Menino Lobo”, “O Caçador e A Rainha do Gelo” e “Capitão América: Guerra Civil”.

Errata: quem indicou o filme “A Profecia” foi o Igor Alves. Na gravação, esquecemos de mencionar! Obrigada, Igor!

Tema da Dica do Público para a próxima edição: viagem no tempo.

Links:
Trailer de “Equals”: http://bit.ly/1VxAdxU
Trailer de “Doutor Estranho”: https://youtu.be/RTPoc_XkMjg
Trailer de “Café Society”: https://youtu.be/Rl4X6pFfmTI
Trailer de “The Neon Demon”: https://youtu.be/cipOTUO0CmU
Crítica de “Mogli – O Menino Lobo”: http://bit.ly/1WlPDUJ
Crítica de “O Caçador e A Rainha do Gelo”: http://bit.ly/1TsPPPH
Crítica de “Capitão América: Guerra Civil”: http://bit.ly/1TsPUTv

Fala, Cinéfilo! #07 – Rogue One, Rua Cloverfield, 10, De Onde Eu Te Vejo e Ave, César!


No Fala, Cinéfilo! de hoje, damos uma boa olhada nos trailers de “O Bom Gigante Amigo” e “Rogue One: Uma História Star Wars”. Saiba, também, como a Warner está mudando sua estratégia com os filmes da DC Comics e prepare-se para a CCXP deste ano. Entre as estreias, destaques para “De Onde Eu Te Vejo”, “Rua Cloverfield, 10”, “Ave, César!” e “O Escaravelho do Diabo”.

Tema da Dica do Público para a próxima edição: Terror.

Links:
Trailer “O Bom Gigante Amigo”: http://goo.gl/3vcpLX
Trailer “Rogue One”: https://youtu.be/puRxxGg5HKw
Crítica “De Onde Eu Te Vejo”: http://goo.gl/MeYDIK
Crítica “Rua Cloverfield, 10”: http://goo.gl/klcbKr
Crítica “Ave, César!”: http://bit.ly/1VfdruD
Crítica “O Escaravelho do Diabo”: http://bit.ly/1RYSfml